Bannerad

29 de nov de 2011

Guns n' Roses: Novo albúm após turnê?

Sarah Rodman de The Globe Boston recentemente conduziu uma entrevista com o baixista do GUNS N' ROSES, Tommy Stinson. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

The Boston Globe: Existe alguma maneira de se sentar com Axl [Rose] e dizer que não há razão para que os fãs devem ter que esperar até três horas entre o ato de abertura e GUNS N' ROSES?

Stinson: Não há nenhuma razão para que nunca seja.

The Boston Globe: Então por que isso acontece? O que está acontecendo durante o tempo em que as pessoas estão à espera?

Stinson: Você sabe o que? Eu não sei mesmo. Eu só sei que alguns dias meu filho fica [palavrão] descarrilou. Eu sei que ele faz o possível para chegar lá a tempo. Ele não quer fazer as pessoas esperar , mas, ele não pode tocar antes que ele esteja pronto também.

The Boston Globe: Talvez ele devesse começar a se preparar mais cedo, então, porque ele deve estar pagando todos os tipos de horas extras e multas para essas arenas que deve comer os lucros da tour.

Stinson: Você tem um bom ponto de lá. Você sabe, isso nunca foi algo que ele já recebeu um [palavrão] sobre. Quando ele está pronto para colocar no seu melhor show, que é quando ele vai colocá-lo, e se for no lado final, que assim seja. Ele vai de bom grado pagar o dinheiro extra.

The Boston Globe: O que você faz durante os intervalos para você? Dorme? Faz aquecimento?

Stinson: Eu estou geralmente sentado no ônibus tocando minha guitarra tentando lembrar minhas próprias músicas. (Risos)

The Boston Globe: Já se passaram três anos desde que o GUNS N' ROSES lançou o "Chinese Democracy", e agora estão trabalhando em um novo disco?

Stinson: Eu tenho ouvido sobre nós entrarmos em "modo de escrita" após esta turnê, por isso, se esse for o caso, eu olho para a frente.

The Boston Globe: Depois de todo esse tempo, você se sente isolado do GUNS N' ROSES. E os que dizem: "Não é GUNS N 'ROSES"? Incomoda-lhe que alguns fãs não consideram uma banda "real"?

Stinson: Eu não poderia realmente dar um [palavrão]. Eu sempre só toco e faço a minha parte, qualquer que seja, tocando no "[The Replacements] ou GUNS ou Soul Asylum. Eu só tenho que fazer um bom trabalho, esse é o meu papel.... Toda a idéia de ingressar neste grupo foi um [palavrão]  para começar. E você sabe o quê? Foi uma boa idéia, então, é uma boa idéia agora. Eu me divirto com eles. Temos uma explosão tocando juntos.

Matéria original: Falando de Rock


0 comentários:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management